Área do cabeçalho

Preparações aromáticas em barras

Fonte: pxhere

Benefícios

Redução do desperdício de produtos in natura

Quantidades elevadas de vitamina C, compostos fenólicos e atividade antioxidante

       Status: Vigente.

TRL 4/9

Maturidade 

Tecnológica

Validação da tecnologia em ambiente laboratorial.

 

A presente invenção está relacionada com a indústria de alimentos e produção de barras. Objetiva desenvolver barras de aromáticos ou preparações aromáticas alimentícias, combinadas ou isoladas. A invenção é realizada através do uso de aromáticos ou preparações aromáticas alimentícias e de combinação desses aromáticos e hidrocolóides em proporções adequadas para manter ao máximo as características sensoriais dos aromáticos in natura.  

Preparações aromáticas ou aromáticas são misturas ou isolados utilizados na maioria das preparações alimentícias, ou no mínimo no pré-preparo de outras preparações que servirão como base, ou meio líquido, de cocção, como, por exemplo, fundos e molhos. A função dessas preparações é inserir sabor, aroma e cor às elaborações alimentícias.  

As preparações aromáticas são normalmente compostas de insumos perecíveis, de fácil deterioração. Além disso, produzem muitos resíduos, que normalmente são descartados sem a possibilidade de outros usos. Agregando a tudo isso, tem o fato da logística para aquisição, armazenamento e produção dessas preparações podendo ser um fator complicador, o que acaba acarretando no uso de aromas artificiais, descaracterizando as elaborações gastronômicas e que muitas vezes tem seu uso limitado por muitos comensais.  

Esta invenção tem como objetivo desenvolver barras de aromáticos ou preparações aromáticas alimentícios com alta concentração dos insumos, combinados ou isolados, e os hidrocoloides goma konjac, goma kappa, agar-agar, goma gelana de alta acilação e goma gelana de baixa acilação, isolados ou combinados.  

A invenção é realizada através da combinação de aromáticos, hidrocoloides, podendo ter adição ou não de conservantes, supressor de atividade de água, cloreto de sódio, açúcar (e/ou seus substitutos), compostos antioxidantes e/ou fibras, em proporções adequadas para manter ao máximo as características sensoriais dos aromáticos e das preparações aromáticas alimentícios in natura. Abaixo, um modelo do produto finalizado.  

Imagem: Patente1

Pessoas Inventoras

Paulo Henrique Machado de Sousa

Maria Goretti de Vasconcelos Silva

Robson Nascimento da Mota

Curso de Gastronomia UFC; Instituto de Cultura e Arte (ICA)

    Contato do Laboratório/Departamento:

Fone: (85) 3366-9409

E-mail: gastronomia@ufc.br / phmachado@ufc.br

Contato Gastronomia (link para outro site)

Contato ICA (link para outro site)

Interessado Nessa Tecnologia?

Entre em contato conosco pelo ufcinova@ufc.br

Envie-nos uma mensagem